© 2017 por Mi Yoga e Terapia 

Em construção

Mandala significa círculo em palavra em Sânscrito significa "círculo"). Mandala também possui outros significados, como círculos de proteção ou concentração de energia, e universalmente a mandala é o símbolo da integração e da harmonia. É uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo. De fato, as mandalas são uma exposição física e visual de uma conexão ao espaço sagrado e de um templo divino.

Carl Jung descreve as mandalas como quadros representativos ideais ou personificações ideais que se manifestam na psicoterapia, interpretando-as como símbolos da personalidade no processo da individualização.

Curiosidades sobre as mandalas: 

 As Mandalas Ojos de Dios, ou, traduzindo, Olhos de Deus típicos do povo Huichol no México é para eles uma ferramenta ritual, um objeto mágico e também um símbolo cultural. Para este povo o Olho de Deus de quatro pontas representa os quatro elementos: Terra, Fogo, Água e Ar. Mas são feitos também com mais pontas, e com formatos simples ou mais complexos.

No ritual Huichol, o Olho de Deus começa a ser feito quando nasce uma criança. Nesta etapa, o pai tece o olho central, e depois são adicionados outros para cada ano de vida da criança até que ela atinja cinco anos de idade.

Os Huichol chamam seus Olhos de Deus de “Sikuli”, que significa “o poder de ver e compreender o desconhecido”. O Olho de Deus traz, portanto, o simbolismo do poder da visão e entendimento do desconhecido.

“Toda manifestação artística de uma pessoa é a imagem que surge no espelho da sua alma. Assim o é também a sua mandala que você desenha, pinta, colore, constrói, canta, representa, brinca ou dança.” (Julia Barany)